“Passeio Etnográfico” na Maré Ocupada

Eu passei a maior parte do último sábado (dia 17) na Maré. A Maré é uma região formada por dezesseis favelas na Zona Norte do Rio de Janeiro. Desde março a Maré está ocupada pelas forças armadas. Eu comentei com uma amiga moradora que eu gostaria de ver como as coisas estão na favela ocupada. Eu tenho imaginado como a ocupação tem afetado o dia-a-dia do lugar. Então ela me levou pra dar um “passeio etnográfico”. Estas são algumas percepções que tive durante e depois do passeio.

Continue reading ““Passeio Etnográfico” na Maré Ocupada”

Porque #somostodosmacacos é ignorante, insensível e idiota

Daniel Alves comeu a banana que uma pessoa jogou no campo. A reação ao ato racista foi espontânea e genial. Ao ver o vídeo, eu sorri com um pouco de orgulho.

Mas a campanha #somostodosmacacos que veio depois me irritou muito.

Quem compartilha essa frase provavelmente nunca sofreu com o preconceito que o termo “macaco” carrega.

Continue reading “Porque #somostodosmacacos é ignorante, insensível e idiota”

Mídia e Pedagogia: Conexão Finlândia-Jacarezinho (RJ)

Desde que comecei a estudar na Finlândia, uma das coisas que mais me interessam é saber mais sobre a tradição de educação midiática nas escolas do país.

Mais maneiro ainda é olhar aqui no freezer do mundo e ver que metodologias promovidas no Brasil (muitas vezes desconhecidas do público em geral) representam exatamente o que os finlandeses entendem como processos pedagógicos eficazes.

É o caso do Cafuné na Laje, atividade coletiva desenvolvida na favela do Jacarezinho, Zona Norte do Rio de Janeiro.

Continue reading “Mídia e Pedagogia: Conexão Finlândia-Jacarezinho (RJ)”

Ocupação Policial da Lagoa (Magé): a PM fez a parte dela. Qual é a nossa?

(Originalmente publicado como atualização de status no Facebook em 02/04/2014)

Ontem (1 de Abril), a polícia militar fez uma operação policial na Lagoa, no Centro de Magé (minha cidade natal).  A ação foi um passo importante no combate ao crime que cresce na cidade. Mas não é a única coisa que precisa ser feita para a cidade melhorar de fato. Pra isso,  não basta só a PM agir. A prefeitura e principalmente nós – cidadãos – temos que lutar por uma Magé melhor.

Continue reading “Ocupação Policial da Lagoa (Magé): a PM fez a parte dela. Qual é a nossa?”