Midiativismo de favela: o morador também tem voz

Entrevista publicada no Observatório de Mídia e Violência (Universidade Federal Fluminense – UFF) em 11/10/2014.

As favelas cariocas são ainda retratadas como territórios de violência nos principais noticiários. Com isso, seus moradores são constantemente criminalizados ou vitimados, sem que suas vozes sejam realmente retratadas na grande mídia. Leonardo Custódio, doutorando em comunicação na Universidade de Tampere, Finlândia, estuda há cinco anos esse cenário e as formas como revertê-lo. De mídias comunitárias a coletivos entre favelas, Custódio investiga as ações de midiativismo em favelas do Rio de Janeiro. Para ele, o valor de ações cidadãs como o midiativismo está na possibilidade que os moradores de favelas encontraram para explorar espaços que acomodem sua insatisfação com o modo que são tratados no cotidiano. Confira a entrevista completa.

Continue reading “Midiativismo de favela: o morador também tem voz”

Tipos de midiativismo de favela

Texto originalmente publicado no blog Favelas@LSE em 18/09/2014

Um dos mais importantes fenômenos contemporâneos de cidadania nas favelas do Rio de Janeiro  é o midiativismo. Mas, como eu argumento abaixo, estas ações são tão pertencentes ao contexto que talvez seja melhor se referir a elas como “midiativismo de favela.”

Continue reading “Tipos de midiativismo de favela”